Mesa Completa - Por Solange Souza

Menu

Vinhos da SemanaVinhos e etc • 10 de outubro de 2019

Novidades do PNR Group

Representado por Philippe de Nicolay-Rothschild, o PNR Group lançou duas novas marcas, Monvin e Edega, com um belo portfólio

A PNR Import (sigla que representa o nome de Philippe de Nicolay-Rothschild) começou trazendo para o Brasil os vinhos da sua família (Domaines Baron de Rothschild/Lafite), em 2013. Logo que comecei o blog, em 2015, fiz uma entrevista muito agradável com ele, que já falava em planos de expansão. O post Philippe de Nicolay-Rothschild traz um pouco da história de sua mudança para o Brasil, em 2009. Esta semana, em um evento realizado para a imprensa e profissionais, fiquei surpresa com a quantidade e a qualidade dos vinhos no portfólio do que hoje é o PNR Group.

Na ocasião, foram lançadas duas marcas do grupo: Edega (clube de vinhos e consumidor final) e Monvin, voltada para lojistas, supermercados e restaurantes, com produtores da França, da Espanha, de Portugal, da Itália e do Chile. Foram muitos vinhos e um desafio e tanto, mas a seguir destaco alguns deles:

Brancos

Château de la Bourdinière Le Lys et L’Hermine Muscadet Sèvre et Maine Sur Lie 2017 – R$ 180,00 – Loire, França – Muscadet é ótimo para ostras e frutos do mar e este é fresco e delicioso.

Château du Nozay Sancerre 2017 – R$ 445,00 – Loire, França – um belo vinho, mineral e elegante.

Domaine Weinbach Riesling Cuvée Colette 2014 – Alsácia, França – adorei ver estes rótulos no portfólio da PNR, apesar de estarem destinados ao trade. Visitei este domaine em 2010 e sou apaixonada por seus vinhos.

Tintos

Domaines Baron de de Rothschild (Lafite) Réserve Spéciale Médoc 2012 – R$ 180,00 – Bordeaux, França – frutado, agradável e equilibrado, é ótimo para cassoulet e pratos com carne vermelha.

Domaine Henri et Gilles Buisson St Romain Absolut Rouge 2017 – R$ 545,00 – Borgonha, França – delícia de vinho! O branco também é muito bom.

Château d’Aussières (Domaines Baron de de Rothschild/Lafite) Renaissance Rouge 2017 – Languedoc, França – R$ 149,00 – suculento e gastronômico.

Quinta da Alameda Jaen 2015 – Dão, Portugal – R$ 220,00 – um dos sócios é o enólogo português Carlos Lucas. Gostei bastante deste vinho e também do Reserva Especial (R$ 395,00), um corte de vinhas velhas. Pena que não tinha um Encruzado, um dos meus brancos favoritos.

Os sócios do clube têm preços especiais.


0 Comentários

Deixe o seu comentário!