Mesa Completa - Por Solange Souza

Menu

Vinhos da SemanaVinhos e etc • 27 de novembro de 2020

Domaines Paul Mas

A premiada vinícola Paul Mas, que fica no Languedoc, produz vinhos de diferentes estilos. Provei alguns deles e conto aqui!

Participei de uma degustação presencial na Enoteca Decanter, com o produtor Jean-Claude Mas, que falou da França sobre a história da vinícola da família, que remonta ao ano de 1892. Recentemente, o Domaines Paul Mas, que frequentemente estampa as páginas de revistas especializadas como La Revue de Vin de France, recebeu o prêmio de “Vinícola Europeia do Ano”, da revista americana Wine Enthusiast.

Jean-Claude Mas assumiu a vinícola no ano 2000 e estabeleceu o Domaines Paul Mas, no Languedoc, Sul da França. Hoje, a produção é bastante grande (são 15 châteaux), mas o produtor preza pela qualidade de seus vinhos, além de ter uma preocupação ambiental: 60% dos vinhedos são orgânicos e 100% são certificados com o selo Terra Vitis (agricultura sustentável). Segundo Jean-Claude, o Languedoc é uma região extremamente diversificada, o que possibilita a produção de vinhos de diferentes estilos. 

“O Languedoc é como um cubo mágico, onde você vai encaixando as peças. É preciso intuição para ver as melhores parcelas de vinhedos”

Provamos três vinhos: um branco, um rosé e um tinto. 

Paul Mas Vermentino 2018 – um vinho de muito frescor e ótimo equilíbrio, com notas minerais. R$121

Château Lauriga Jardin de Roses 2018 – frutado e saboroso, é um vinho que tem tudo para agradar a maioria das pessoas. A garrafa é linda e o rótulo, que varia conforme a garrafa, traz rosas típicas da região. R$ 161,70

Arrogant Frog Croak Rôtie Syrah-Viognier 2018 – o nome é uma brincadeira sobre o fato de os americanos acharem os franceses arrogantes. O vinho é frutado e macio. R$ 124,20

Os vinhos são importados pela Decanter.

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *