Mesa Completa - Por Solange Souza

Menu

GastronomiaRestaurantes • 16 de janeiro de 2020

A Baianeira Masp

A segunda unidade do A Baianeira ocupa um belo espaço no subsolo do Masp e oferece pratos deliciosos da chef Manuelle Ferraz

As bonecas de cerâmica do Vale de Jequitinhonha, logo na entrada do A Baianeira Masp, revelam a origem da chef Manuelle Ferraz, mas seu cardápio vai muito além da cozinha mineira. Escolhemos de entrada o refrescante Peixe marinado servido com creme de banana-da-terra, cebola roxa, um molho delicioso e crisp de banana (R$ 32), foto que abre este post.

Fui almoçar lá com minha filha, Carol, e decidimos compartilhar algumas coisas. Ficamos nos pratos do mar, nossa preferência quase sempre, mas deu vontade de provar muita coisa, como os pães de queijo recheados e outras entradinhas convidativas, além de pratos como a Galinha caipira ensopada, servida com farofa de feijão andu, abóbora com quiabo e arroz (assim que refrescar um pouco…).

Como principal, fomos de Baião de dois sirizado (R$ 52), prato delicioso que combina baião de dois com siri catado. Cremoso, pela adição de leite de coco, vem acompanhado de um delicado purê de coentro (feito com mandioca) e pede uma pimentinha.

Para terminar, pedimos o Brûlée de Goiaba com picolé de requeijão (R$ 23), uma espécie de musse de goiaba, que vem com pedacinhos da fruta caramelizados e maçaricados, servido com o tal picolé de requeijão moreno de corte, que tem um toque salgado e dá um contraste muito gostoso ao doce.

Gostei também da carta de vinhos, que apesar de concisa oferece opções bem diferenciadas, como o orgânico chileno Naranja do Cacique Maravilha (R$ 140) e o brasileiro Guatambu Rastros do Pampa Tannat (R$ 109).

A chef Manuelle Ferraz é nascida em Almenara, que fica na divisa dos estados de Minas Gerais e Bahia, o que inspirou a escolha do nome do A Baianeira, que há seis anos faz sucesso na Barra Funda. A unidade do Masp foi aberta há pouco mais de três meses.

A Baianeira Masp vem se juntar a outros excelentes restaurantes instalados em museus na capital paulista. Já falei de dois deles por aqui: o Balaio IMS, do chef Rodrigo Oliveira (Mocotó), no Instituto Moreira Sales; e o Pipo, do chef carioca Felipe Bronze (Oro), que fica no MIS. Delícia de programa, visitar uma exposição e depois almoçar super bem.

A Baianeira Masp
Av. Paulista, 1578 – Subsolo
(11) 3149-5959
Nos fins de semana, é servido brunch.

 

 

 


0 Comentários

Deixe o seu comentário!