Mesa Completa - Por Solange Souza

Menu

GastronomiaMinha Cozinha • 17 de janeiro de 2020

Pesto de Beterraba

Inspirado em uma receita da Padoca do Maní, este pesto de beterraba fica uma delícia com queijo de cabra e castanhas

Um dos meus prazeres quando vou a restaurantes é ter ideias para a minha cozinha. Recentemente, estive na Padoca do Maní, do shopping Iguatemi, e me encantei com as diferentes opções de tostadas, cada uma mais apetitosa do que a outra. Preparadas sobre o pão rústico da casa, recebem os mais diferentes recheios. Optei pela Beterraba, que leva pesto e lâminas de beterraba, queijo de cabra, mix de castanhas e miniagrião.

Gostei tanto que resolvi tentar fazer em casa. Fiz duas tentativas e cheguei na receita que compartilho aqui. Comemos o pesto com lascas de pão sueco, mas você pode combinar com folhas como rúcula ou agrião e servir as lâminas de beterraba com um pouco de mostarda (usei a Dijon com mel). O queijo de cabra e as castanhas dão um toque muito especial. Usei castanha-do-pará, mas deve ficar bom com castanha de caju ou as duas, e você pode dar uma tostadinha para aumentar a crocância.

Para o pesto, cozinhei a beterraba inteira, até ficar bem macia. Eliminei a casca, cortei em pedaços e bati no mixer com um dente de alho, alguns pinoles (você pode usar castanha-do-pará), azeite sal e pimenta-do-reino. Calcule mais ou menos duas beterrabas pequenas para um dente de alho.

Se você for servir as lâminas de beterraba também, não cozinhe muito. O ponto de cozimento é bem diferente para fazer o pesto, já que a ideia é que as lâminas fiquem firmes. Depois, temperei com sal e mostarda com mel, e juntei a rúcula, que dá um toque de frescor.

Tostada de Beterraba, da Padoca do Maní, da chef Helena Rizzo – inspiração para a minha receitinha

 


0 Comentários

Deixe o seu comentário!