Mesa Completa - Por Solange Souza

Menu

GastronomiaMinha Cozinha • 20 de dezembro de 2021

Entradas de festa

Preparei uma seleção com minhas entradinhas favoritas, como esta salada de lula, para você caprichar nas suas celebrações

Seja no restaurante ou em casa, adoro a parte das entradinhas. Para as festas de fim de ano, preparei uma seleção do que costumo servir nos demorados almoços de domingo aqui em casa. A que abre este post é a mais recente delas e combina lula com batata cozida e um toque de limão siciliano. Uma salada muito saborosa que você pode servir também como prato principal, dependendo da ocasião.

Para preparar esta Salada de lulas com batatas, cozinhe algumas batatas pequenas com a casca (cerca de 5 delas). Deixe esfriar e corte-as em rodelas. Lave as lulas cortadas em anéis (cerca de 500 g), escorra e tempere com sal e pimenta-do-reino. Raspe a casca de um limão siciliano (cuidado para colocar a parte branca, que amarga) e esprema o suco. Refogue rapidamente as lulas em uma frigideira antiaderente com azeite de oliva e dois dentes de alho cortados em lâminas. Coloque as batatas e as lulas em uma saladeira, tempere com flor de sal, azeite de oliva extra virgem, o suco de limão e complete com as raspas de limão. Sirva morna ou fria. Se preferir, acompanhe com folhas de rúcula novinha. Sirva com um branco português do Dão ou um branco da Galícia, Espanha.

Corte os tomates e a cebola em gomos e leve ao forno até ficarem macios. Misture a ricota com um pouco de iogurte grego neutro da Yorgus e tempere com flor de sal e pimenta-do-reino. Acompanhe com um Chianti ou um rosé.

Salada de folhas com pera e queijo Roquefort (ou gorgonzola), regada com um molho de suco de laranja, gengibre, azeite de oliva e flor de sal. Uma combinação agridoce deliciosa, que pode ser servida com um Riesling que tenha um certo dulçor.

Esta entradinha não poderia faltar, porque esteve presente por muitas vezes durante o ano. Cozinhe as beterrabas com a casca em uma panela com água. Deixe esfriar, retire a pele e corte em gomos. Tempere com azeite de oliva extra virgem, flor de sal e pimenta-do-reino a gosto. Sirva com queijo de cabra boursin, temperado com um fio de azeite e pimenta-do-reino e complete com folhas de manjericão. Acompanhe com pão rústico e com um Sauvignon Blanc.

E por fim, a mais elaborada de todas, mas igualmente deliciosa e refrescante: Terrine de Salmão, Coalhada Seca e Quinoa, que você pode acompanhar com com um vinho branco fresco, de bom corpo, como um Albariño.

Veja como preparar:

• Lave a quinoa, escorra e coloque para cozinhar (1/2 xícara de quinoa e 1 xícara de água, além de uma pitada de sal), por cerca de 20 minutos ou até a água secar. Deixe esfriar bem e tempere com azeite e salsinha picada, acertando o sal se necessário.

• Coloque 250 a 300 g de salmão cru, cortado em cubos, numa tigela e tempere com o suco de um limão. Junte cebola roxa picada e ervas frescas (usei cebolinha, que era o que eu tinha, mas fica incrível com dill). Tempere com sal e deixe tomar gosto por cerca de 15 minutos.

• Corte 1 pepino japonês em cubos (parecidos com o do salmão). Gosto de tirar a casca parcialmente, para ficar mais bonito.

• Em uma forma para terrine (ou forma de pão), coloque o salmão. Em seguida, espalhe o pepino, cubra com a coalhada seca (usei 1 pote de 200 g) e, por fim, espalhe a quinoa.  Deixe por alguns minutos na geladeira e desenforme sobre uma travessa. Acompanhe com pão.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *