Mesa Completa - Por Solange Souza

Menu

GastronomiaRestaurantes • 13 de outubro de 2021

Pasta Shihoma

A cozinha do Pasta Shihoma é muito caprichada desde as entradas até as massas artesanais feitas na hora, como o Cacio e Pepe

Feriado, casa cheia e uma longa espera. Desde a abertura, a Pasta Shihoma tem feito sucesso com suas massas artesanais muito bem preparadas servidas na casa e no delivery. Aliás, a equipe comandada pelo chef Marcio Shihomatsu começou em maio de 2020 apenas no esquema de delivery. Há poucos meses, abriram o restaurante em Pinheiros, que tem poucos lugares e cardápio diferente do que é destinado às entregas. 

Começamos com o delicioso pão da casa com manteiga para aplacar nossa fome e acompanhar o Mouton Noir Muscadet Sèvre et Maine (importado pela de la Croix vinhos), um dos rótulos da carta que traz vinhos naturais, orgânicos e biodinâmicos.

O vinho foi muito bem nossas entradas, o Crudo di Orata feito com um peixe cru muito fresco, com um molho que lavava algo cítrico e hortelã, além de pistache, coberto com tiras crocantes de pepino. Provamos ainda a Carne Cruda, bastante saborosa.

Para as massas, optamos pelo Tonnarelli Cacio e Pepe (foto de abertura), um prato muito simples e delicado, que requer muita técnica para preparar, feito apenas com a massa, a água de cozimento, queijo pecorino e pimenta-do-reino, e o Papardelle ao Ragu del Giorno, que trazia uma carne de cozimento longo macia e muito saborosa.

Levamos um vinho (a rolha custa R$ 50), que tinha tudo a ver com o estilo da casa: o Monte Bernardi Retromarcia Chianti Classico, de produção biodinâmica. O nome (retromarcia significa marcha à ré, em italiano) é uma referência que o produtor faz ao retorno da tradição, valorizando a Sangiovese, variedade típica da Toscana. Importado pela Premium Wines.

Pasta Shihoma
Rua Medeiros de Albuquerque, 431, Vila Madalena, São Paulo
(11) 3819-2333


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *