Mesa Completa - Por Solange Souza

Menu

NovidadesVinhos e etc • 12 de novembro de 2021

Loja Campestre

A vinícola gaúcha Campestre acaba de abrir uma loja muito agradável em São Paulo, com uma variedade de rótulos e um wine bar

Visitei a loja da Vinícola Campestre e fui muito bem recebida pela enóloga gaúcha Caline Rasador e pelo chileno Juan Ignacio Wiedmaier Serafini, que trabalha na empresa há quase 30 anos. A loja é muito agradável, e a ideia foi trazer um pouco do ambiente da vinícola de Campos de Cima da Serra para a capital paulista. A Campestre produz o vinho mais vendido do Brasil (pelo 7° ano consecutivo), o Pérgola, feito com uvas não viníferas, mas com produção muito bem cuidada.

Em 2014, os produtores começaram o projeto de vinhos finos, instalando a vinícola em um antigo frigorífero e plantando 12 variedades de uvas viníferas. Um dos vinhos desse novo projeto, o Zanotto Sangiovese 2020, ganhou medalha de ouro da renomada revista inglesa Decanter (o único do Brasil) e eu já falei sobre isso aqui.

Provei bastante coisa na loja da Campestre, inclusive o Pérgola, que tem um aroma delicioso de uvas maceradas, e os sucos de uva da marca, que são muito bons.

De um modo geral, os vinhos são bastante equilibrados, com pouca madeira para valorizar a fruta e pouco alcoólicos, características que eu aprecio bastante. O preço dos varietais é R$ 59,00, com exceção do premiado Sangiovese, que custa R$ 69,00. O Zanotto Reserva, um corte de Malbec, Tannat, Merlot e Syrah, custa R$ 99,00. 

Além de comprar os vinhos e alguns ingredientes para levar para casa, você pode prová-los no wine bar, que oferece tábuas de frios e de queijos e outros petiscos. Recomendo a visita.

Vinícola Campestre São Paulo
Avenida Pedroso de Morais, 1047 – Pinheiros


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *