Mesa Completa - Por Solange Souza

Menu

GastronomiaRestaurantes • 17 de abril de 2019

Il Pescatore

Luciano Rodrigues e Wanderson Vieira Ramos fazem sucesso nessa casa de estilo mediterrâneo, onde o bacalhau é um dos destaques

Fui almoçar no Il Pescatore com meu amigo Carlos Ribeiro, chef de cozinha e colunista deste blog. Uma recomendação dele (e principalmente a companhia) não é algo para se desprezar. A história da casa é de dois batalhadores que decidiram partir em voo solo: o maître Luciano Rodrigues e o sommelier Wanderson Vieira Ramos, ambos ex-funcionários do A Bela Sintra, que em agosto de 2018 abriram o Il Pescatore. Como disse Carlos Ribeiro, “Bons filhos boas casas constroem!”.

Apesar da forte influência portuguesa, onde o bacalhau tem grande destaque, o cardápio oferece pratos da cozinha mediterrânea muito bem preparados a preços acessíveis, o que faz com que a casa seja um dos lugares mais concorridos na região dos Jardins.

“Com uma ótima variedade de pratos para escolher, recomendo os bolinhos de bacalhau, bem cremosos por dentro e bem crocantes por fora. É algo de comer cantando um fado (se é que é possível cantar degustando essa riqueza). Sou louco por frituras!”, Carlos Ribeiro comenta. E foi com os tais bolinhos que começamos.

Outros pratos preparados com o pescado são a deliciosa Casquinha de bacalhau, com creme de leite e mostarda e o Bacalhau à Porto Belo, uma posta alta com batata em rodelas, cebola dourada em pétalas flambadas com Jerez, ovo cozido, azeitona e brócolis (foto que abre o post). Ainda do mar, há mexilhões graúdos ao vinho branco de entrada e arroz de polvo, bem perfumado e fumegante, além do Polvo Pescatore, acompanhado de batatas ao murro. Há também opções de carnes, incluindo um picadinho. Entre as sobremesas, prove a Siricaia do Alentejo e o Rocambole de Laranja e Chocolate, feito especialmente para a Páscoa.

Enquanto o Luciano cuida da cozinha e do salão, o sommelier Wanderson (que tem 15 anos de experiência, sendo 11 deles no A Bela Sintra) se encarrega da adega. Foi ele quem cuidou da harmonização dos vinhos com cada um dos pratos que provamos. De branco do Uruguai, ao vinho do Porto, passando por espumante francês e tinto alentejano, provamos um pouquinho de tudo.

Para completar, o barman Elias Novais nos presenteou com um Espresso Martini delicioso, um drinque gelado feito com café e outros segredos.

Durante a semana, a casa oferece dois tipos de menu executivo (R$ 41) e o especial (R$ 70), com entrada, prato principal e sobremesa, que mudam a cada dia.

“A Páscoa sempre foi para mim muito especial, e o sentimento de renascimento é forte e me faz feliz. Recomendo para esses dias, quanto voltamos nossas memórias aos pratos da Semana Santa, ir conhecer as delícias do Il Pescatore”. – Carlos Ribeiro

Il Pescatore
Rua José Maria Lisboa, 879 – São Paulo , SP
(11) 3884-5738
Terça a Domingo, almoço e jantar – Segunda-feira é fechado.

 


0 Comentários

Deixe o seu comentário!