Mesa Completa - Por Solange Souza

Menu

ExperiênciasVinhos e etc • 11 de março de 2020

Vinhos da Itália

“Sangiovese, Montepulciano e outras histórias” foi o tema de uma interessante masterclass da qual participei, na Wine Paris

Bonita e muito bem organizada (além de ser em Paris), a Wine Paris aconteceu nos dias 10, 11 e 12 de fevereiro e eu tive o prazer de estar lá. Todas as regiões da França estavam representadas e deu vontade de ficar somente nesta parte, mas decidi participar de três masterclasses. A que mais gostei foi a que tinha como tema: “Sangiovese, Montepulciano e outras histórias”.

As uvas tintas Sangiovese e Montepulciano são cultivadas nas regiões da Itália Central: Lazzio, Abruzzo, Marche, Umbria, Toscana e Emília-Romana. A Sangiovese, usada sozinha ou em cortes, é a uva dos grandes tintos da Toscana, como o Chianti, o Brunello di Montalcino e o Vino Nobile di Montepulciano.

A Sangiovese é a uva dos grandes tintos da Toscana, como o Chianti, o Brunello di Montalcino e o Vino Nobile di Montepulciano

A Montepulciano (a uva e não o vilarejo na Toscana e a denominação) passa por um momento de revalorização, como comentou a palestrante italiana Vinny Mazzara. As principais regiões de cultivo da Montepulciano são Abruzzo e Molise e ela está presente também em cortes dos tintos da região de Marche: Rosso Conero e Rosso Piceno.

Os vinhos de Sangiovese e de Montepulciano são excelentes parceiros das refeições

Além dessas duas uvas, com vinhos de diferentes regiões, provamos um tinto delicioso de Lacrima di Morro d’Alba, ou apenas Lacrima, uva da região do Marche. Foi a parte que mostrou as “outras histórias” do título da masterclass.

Como os vinhos não são importados para o Brasil, não vou incluí-los no post, mas você pode encontrar muitos rótulos com as uvas mencionadas aqui.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *