Mesa Completa - Por Solange Souza

Menu

NovidadesVinhos e etc • 12 de agosto de 2021

Vinho e Jazz

Criado por Paulo Fonseca em parceria com a vinícola gaúcha Larentis, o Jazz Reserva presta homenagem a este estilo de música

No jazz os músicos combinam o melhor de cada instrumento, assim como em um vinho de corte, em que o enólogo combina o melhor de cada uva, como descreveu Paulo Fonseca ao apresentar o Jazz Reserva 2019. Para compor seu vinho, ele  contou com a parceria do jovem enólogo André Larentis, quinta geração da família Larentis, no Vale dos Vinhedos (RS). O corte combina Malbec, Cabernet Sauvignon, Merlot e Cabernet Franc, com um resultado bastante harmonioso. 

Provei o Jazz Reserva 2019 na companhia virtual do seu criador, com alguns jornalistas, durante um zoom organizado pela equipe da Ch2a Comunicação. Com 13% de álcool, o que acho bem equilibrado, o vinho passa 12 meses em barricas de segundo uso. Aveludado, com boa fruta, é muito agradável, além de ter um rótulo super charmoso.

Paulo Fonseca é engenheiro de formação e trabalhou durante anos na área de TI. Apaixonado por jazz e por vinho, decidiu juntar as duas coisas, criando a P. Fonseca Vinhos, um e-commerce que é a vitrine para suas criações (está previsto o lançamento de um branco, em breve), além dos vinhos da Larentis e da Don Guerino, por enquanto.

“Sou apaixonado e entusiasta dos vinhos brasileiros. Depois de anos estudando os terroirs do Brasil, em 2015 comecei a pensar no projeto do Jazz, que foi concretizado em 2020, com o lançamento da primeira safra, a 2018. A parceria com a vinícola Larentis foi fundamental para chegarmos ao vinho que apresentamos aos apreciadores da bebida”, resume Paulo Fonseca.

O Jazz Reserva 2019 custa R$ 95,00 e pode ser adquirido no Vinhos P. Fonseca.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *