Mesa Completa - Por Solange Souza

Menu

ExperiênciasVinhos e etc • 5 de fevereiro de 2019

Brancos espanhóis

A foto que abre este post foi tirada em Barcelona, em pleno inverno de janeiro, quando me deliciei com os vinhos brancos

Sempre que possível, passo alguns dias de férias com minha filha, Carol. Desta vez, o destino escolhido foi a Espanha, mais especificamente as cidades de Barcelona, Valência e Madri. A primeira foi nossa favorita, pela combinação de cultura, arte, gastronomia, cores, alto-astral e dias maravilhosos de inverno, com sol e temperatura agradável (para quem, como eu, gosta de frio).

Nas nossas refeições, eu acabava pedindo sempre uma taça de vinho branco e a pergunta dos garçons era invariavelmente: Albariño (uva de Rías Baixas) ou Rueda (vinhos produzidos principalmente com a uva Verdejo)?. Conhecia os dois tipos e fui intercalando, mudando de produtor, mas sem prestar muita atenção para esse fato. Afinal, estava de férias!

Adoro vinhos brancos (e não é apenas porque como muito peixe e frutos do mar)! Para mim, eles oferecem um leque enorme de variações, muito mais que os tintos.

Os Albariños (Alvarinho em Portugal) são vinhos frescos, suculentos, elegantes e perfeitos para acompanhar desde petiscos, como lulas à doré, a pratos com peixes e frutos do mar, incluindo a paella. A região famosa pela produção de Albariños é Rías Baixas, na Galícia. É um vinho que eu adoro!

A região de Rueda é o berço da uva branca Verdejo, que gera vinhos frutados, de acidez mais baixa que os Albariños e que podem ser encorpados, dependendo do modo de produção.

Os vinhos brancos espanhóis não se resumem a esses dois mencionados. Na Catalunha, são produzidos brancos com Garnacha Blanca e Xarel-lo (uva usada no cava – espumante espanhol). No Priorato, há vinhos surpreendentes feitos com Macabeo (Viura), Garnacha Blanca, Pedro Xímenez e Muscat de Alexandria. Os brancos da Rioja (Garnacha Blanca, Viura e Malvasia) são super interessantes.

E na Espanha ainda tem o Jerez, que eu amo, mas este é um assunto para outro post.

 

 

 


0 Comentários

Deixe o seu comentário!