Mesa Completa - Por Solange Souza

Menu

ExperiênciasVinhos e etc • 26 de maio de 2020

Gérard Margeon

Participei de um encontro virtual com o chef-sommelier do grupo Alain Ducasse, que falou sobre as tendências no pós-covid

O Zoom com o premiado chef-sommelier Gérard Margeon, organizado pela assessora de imprensa Fernanda Fonseca, conectou vários jornalistas. O restaurateur Marcelo Fernandes, do Kinoshita (entre outros) também estava lá, atento a uma opinião de como vão funcionar os restaurantes e o trabalho do sommelier na nova fase.

Gérard Margeon tem mais de 40 anos no mundo do vinho e trabalha para o grupo Ducasse desde 1994 (ele é o segundo funcionário mais antigo do grupo). Entre suas funções estão a seleção e a gestão das cartas de vinho de 26 restaurantes do grupo Ducasse, espalhados por sete países. Para dar uma ideia de volume, somente a adega do restaurante Plaza Athénné acomoda 40 mil garrafas. Mas parece que tudo isso vai mudar.

Embora ele ainda não tivesse todas as informações de como vão funcionar os restaurantes, ele acredita que as cartas de vinho serão mais enxutas, com o uso de tablets e QR code, embora não goste da ideia. “As pessoas não vão viver como antes”, comentou ele.

Para os donos de restaurantes, Gérard sugere negociar com produtores e importadores, além de diminuir a margem de lucro nos vinhos, para que os preços fiquem mais acessíveis. É um bom recado para o mercado brasileiro!

Gérard Margeon tem ainda um projeto pessoal, a T-Oinos, onde produz vinhos na ilha de Tinos, na Grécia.

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *