Mesa Completa - Por Solange Souza

Menu

NovidadesVinhos e etc • 31 de maio de 2019

Decanter Wine Day

Mais de 100 rótulos disponíveis para degustação, no belo evento promovido pela Decanter em sua enoteca em São Paulo

A importadora Decanter tem em seu portfólio vinhos adoráveis, como os espumantes Ferrari, os vinhos laranja do Gravner e os Moscatéis de Setúbal de José Maria da Fonseca, para citar alguns. Destacar os meus favoritos entre os que provei no Decanter Wine Day não é tarefa fácil. Procurei, então, mostrar os mais surpreendentes:

Quinta dos Roques – onde tiver vinhos do Dão, lá estarei eu. Sou fã dos brancos de Encruzado, e os tintos costumam ser elegantes e frescos. Além dos rótulos que já estão no portfólio da Decanter, o proprietário, Luís Lourenço, trouxe alguns vinhos da Quinta dos Maias, uma linha que deve ter preços mais acessíveis se trazidos para o Brasil. É bom ficar de olho.

• Quinta dos Roques Dão Encruzado 2016 (R$ 221) – o vinho ideal para acompanhar mariscos e outros frutos do mar. Fresco, mineral, delicioso.

• Quinta do Correio Dão Tinto 2016 – (R$ 81) – este corte, que inclui Jaen, Touriga Nacional, Afrocheiro e Tinta Roriz, não tem passagem por madeira. É um vinho suculento, para o dia a dia, para acompanhar churrasco ou pizza.

Medici Ermete – o produtor Alberto Medici mostrou com orgulho seus excelentes Lambruscos. No Brasil, este vinho frisante não é muito valorizado, por conta de alguns rótulos de qualidade inferior que chegam por aqui. Entretanto, é um vinho delicioso, que pode acompanhar muito bem os itens da charcutaria, por exemplo.

• Concerto Lambrusco Reggiano DOC (R$ 142)– fresco e frutado, fica muito bom com mortadela (comprovei na hora, já que a importadora sempre presenteia seus convidados com uma deliciosa mesa de charcutaria, queijos e comidinhas), salame, presunto di Parma e massas com ragu de carne.

• Bocciolo Grasparossa DOC Dolce (R$ 105) – o leve dulçor é muito bem equilibrado pela acidez do vinho, que esbanja fruta. Pode acompanhar sobremesas ou massas recheadas com abóbora.

Umani Ronchi – passei por este produtor de Marche para provar o branco da uva local Verdicchio, que eu adoro. Acabei gostando de outros vinhos, apresentados pela italiana Giulia Benini.

Casal di Serra Verdicchio dei Castelli di Jesi Superiore 2016 (R$ 168) – mineral, com ótimo frescor, deve ficar perfeito com frutos do mar.

• Serrano Rosso Conero 2017 (R$ 124) – este corte de Montepulciano (predominante) e Sangiovese, é um vinho fácil de gostar e bastante gastronômico.

Além do site, estes vinhos podem ser encontrados em São Paulo na Enoteca Decanter.

Enoteca Decanter SP
Rua Joaquim Floriano, 838 
Itaim Bibi
(11) 3702-2020


0 Comentários

Deixe o seu comentário!