Mesa Completa - Por Solange Souza

Menu

ExperiênciasVinhos e etc • 30 de novembro de 2018

Cabernets argentinos

O Cabernet Sauvignon está entre os meus vinhos favoritos da Argentina, pelo frescor e elegância, além dos preços razoáveis

Apesar de a uva Malbec ser a cara da Argentina, prefiro os vinhos de Cabernet Sauvignon, que são elegantes, frescos, de preços razoáveis e excelentes para acompanhar cortes suculentos de carne. Em geral, os Malbecs têm muita fruta e um certo dulçor, que não fazem o meu estilo. No caso de vinhos, como em todos os casos, é apenas uma questão de gosto.

Outra uva que tem feito sucesso nesse país, e que gosto bastante também, é a Cabernet Franc, mas este é assunto para outro post.

A seguir, destaco três produtores para você incluir na sua adega:

Kaiken – projeto do renomado produtor chileno Aurélio Montes (Viña Montes), em Mendoza. Recentemente foi incorporado ao portfólio da importadora Qualimpor.
• Kaiken Cabernet Sauvignon Estate 2017 – R$ 70 (preço médio) – é a linha de entrada da vinícola, saboroso e macio na boca.

Fabre Montmayou – pertence ao casal Diane e Hervé Joyaux Fabre (que é de Bordeaux). Importado pela Premium Wines.
• Fabre Montmayou Reserva Cabernet Sauvignon 2016 – R$ 114,84 – elegante, suculento e gastronômico.

Catena Zapata – um dos mais respeitados produtores argentinos, famoso por seus Cabernets. Importado pela Mistral.
• Catena Cabernet Sauvignon 2015 – R$ 115, 45 (o preço pode mudar porque a importadora trabalha com dólar). Também da linha de entrada da vinícola.

 


0 Comentários

Deixe o seu comentário!