Mesa Completa - Por Solange Souza

Menu

ExperiênciasGastronomia • 12 de março de 2019

Goût de France

Em sua 5ª edição, o festival Goût de France reúne 5 mil restaurantes ao redor do mundo para divulgar a cozinha francesa

O cônsul geral da França em São Paulo, Brieuc Pont, abriu sua residência para o lançamento da quinta edição do festival Goût de France, com a presença de alguns chefs franceses radicados no Brasil e outros profissionais do vinho e da gastronomia, além da diretora da Atout France na América Latina, Caroline Putnoki (na foto com o cônsul).

O tema da edição deste ano é a Provence, com foco na agricultura ecológica e sustentável. Além dos inconfundíveis vinhos rosés, essa região encanta pelas preparações como ratatouille e tapenade, além das mostardas, azeites, queijos e outras delícias.

Criado em 2015 pelo ministério da Europa e dos Negócios Estrangeiros da França, o Goût de/Good France foi  inspirado nos jantares de Epicuro, lançados em 1912 por Auguste Escoffier (1846-1935), em que um mesmo menu era servido no mesmo dia, em diversos países.

O ponto alto do festival acontece no dia 21 de março, quando será realizado um jantar em várias partes do mundo, em que a cozinha francesa (declarada em 2010 como Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade pela Unesco) será celebrada pelos chefs. Na França, o evento se estende de 22 a 24 de março, com vários eventos como mercados, degustações e piqueniques.

Nesta edição, o jantar francês vai contar com mais de 5 mil restaurantes, em 150 países. O Brasil ocupa o terceiro lugar entre os países representados, como comentou Brieuc Pont, durante a abertura do evento. Entre os restaurantes participantes em São Paulo estão Chef Rouge, Esther Rooftop e Tonton. O chef Laurent Suaudeau, um dos grandes divulgadores da cozinha francesa no Brasil, vai preparar em seu espaço cultural um menu de seis pratos a R$ 630,00 por pessoa, que inclui vinhos, manobristas e serviço. Para ver a programação completa, consulte Goût de France 2019

Se você não conseguir ir a nenhum desses restaurantes, por dificuldades geográficas ou qualquer outra, sugiro que abra um rosé da Provence e prepare em casa um prato de estilo provençal. Já dei duas receitas fáceis e deliciosas dessa região: Sabores da Provence, que traz uma tian de legumes incrível, e a Salada Niçoise. E viva a França!

 


0 Comentários

Deixe o seu comentário!