Mesa Completa - Por Solange Souza

Menu

Destilados • 13 de março de 2020

Banquete Hendrick’s

O famoso gim e o pepino foram os grandes homenageados em um banquete feito por Neka Mena Barreto, na Pinacoteca de São Paulo

Participei de um “banquete” inusitado promovido pela importadora Interfood para divulgar o gim Hendrick’s . O evento foi na belíssima Pinacoteca de São Paulo, com muitas performances e drinques. No coquetel de abertura, muito gim tônica, acompanhado de música e comidinhas deliciosas. Todo o cardápio ficou a cargo da criativa chef Neka Mena Barreto.

Os guardanapos foram colocados nas taças e as rosas vermelhas penduradas completaram o visual

A grande surpresa foi o jantar! Uma mesa enorme, para cerca de 50 pessoas, decorada com muitos (mas muitos mesmo!), pepinos e similares. O pepino foi um dos grandes homenageados da noite, além do Hendrick’s, e tem uma razão para isso. Esta bebida destilada escocesa leva em sua composição uma infusão de essências de pétalas de rosas e de pepino, além de ingredientes como o zimbro e outras especiarias, o que torna complexo e fresco.

O drinque clássico preparado com Hendrick’s, o super refrescante Gim Tônica, inclui fatias de pepino e pétalas de rosa

O primeiro prato, um dos meus favoritos, contemplava o reino vegetal, com muitos legumes crus e frescos, e tinha o divertido nome de “A conversa do pepino com seus amigos”. Para acompanhar, o Fitzgerald, um drinque feito com Hendrick’s, xarope de açúcar, limão siciliano, Angostura e pepino. 

Eu feliz com minha taça de gim tônica Hendrick’s sendo fotografa pelo blogueiro Marcelo Katsuki

Foram servidos outros dois pratos, uma massa e uma panceta, acompanhados de vinhos para não sobrecarregar os convidados. O drinque com Hendrick’s, Cucumber Melow Spritz (que incluía o gim, purê de melão, xarope de açúcar, club soda e pepino), voltou à cena na hora da sobremesa, que combinava chocolate 80%, marinada de abacaxi e sorvete de erva-cidreira. 

Se você ficou com vontade de tomar um gim tônica, veja o post Gim tônica, onde eu conto minha relação especial com este drinque e dou dicas de como preparar. O post era para o Carnaval, mas este drinque é bom a toda hora!

Neka Mena Barreto e o mestre de cerimônias do banquete


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *