Mesa Completa - Por Solange Souza

Menu

Viagens • 26 de dezembro de 2019

Santorini

Fora do circuito mais turístico de Santorini, na Grécia, há praias paradisíacas e restaurantes incríveis de cozinha local

Um dos prazeres de viajar é descobrir locais menos óbvios, como o restaurante To Psaraki, em Santorini, cuja foto abre este post. Deu um certo trabalho para encontrar, mas valeu muito a pena. Lugar lindíssimo, com vista para a Marina Vlichada, de cozinha simples muito bem feita, baseada em peixes e frutos do mar. O atendimento é simpático e a gente podia ver o movimento dos pescadores, enquanto aproveitava os pratos saborosos e muito frescos.

Foi no To Psaraki que comi a melhor baklava da minha vida. Este doce grego é feito com massa folhada, nozes, pistache e mel

Como chegamos a este e outros restaurantes? Meu marido e eu estivemos na Grécia e na Turquia no fim de setembro. Passamos alguns dias em Atenas e seguimos para Santorini, onde começaram de fato nossas férias. Logo no segundo dia nessa ilha paradisíaca, visitamos a vinícola Argyros (um ótimo programa para quem gosta de vinhos brancos e doces é agendar uma degustação na vinícola) e foi lá que tivemos a sorte de receber essas indicações excelentes, de lugares que são frequentados por locais.

Os vinhos da Argyros, que estão entre os melhores da Grécia, nos acompanharam durante nossos dias em Santorini

A uva mais famosa cultivada em Santorini é a branca Assyrtico, mas a produção é pequena por conta das dificuldades de cultivo. Não chove nunca e a única fonte de umidade que as videiras recebem é a neblina da madrugada. Venta muito também, razão de esta uva ser cultivada de modo muito peculiar, no formato chamado basket.

As videiras de Assyrtico ficam quase rentes ao chão. Imagine o trabalho para a colheita!

No dia seguinte, visitamos o sítio arqueológico de Akrotiri. Construção moderna e ar condicionado para proteger as relíquias da Idade do Bronze (cerca de 3.000 a.C). Um programa imperdível na ilha.

Vista do restaurante Mesa Pigadia: mergulho no mar antes do almoço

Seguimos, então, para a praia de Akrotiri, bem próxima de lá. Ficamos um tempo na praia, coberta de pedras, e almoçamos no Mesa Pigadia Taverna, casa comandada por uma família muito amável.

No Mesa Pigadia, peixes fresquinhos, preparados na grelha e servidos com os sempre presentes tomate, pepino e cebola roxa. Para acompanhar, o vinho branco Gavalas.

Para chegar a estes restaurantes e praias, é fundamental alugar um carro. Ficamos em um hotel que estava no limite possível para a circulação de carros, o que facilitou bastante (a vila principal da ilha é fechada para o trânsito de veículos). Durante o tempo que passamos lá a temperatura estava bastante agradável, com dias lindos e não muito quentes. Foi uma viagem incrível, para guardar com carinho na memória.


0 Comentários

Deixe o seu comentário!