Mesa Completa - Por Solange Souza

Menu

NovidadesVinhos e etc • 26 de abril de 2017

Vinhos espanhóis

Dois projetos originais acabam de chegar ao país: The Wine Gurus, com rótulos inusitados, e Bodegas Habla, mais minimalista

TheWinesGurus

Se você achou criativos os rótulos da foto que abre este post, saiba que as garrafas também reservam boas surpresas. Os quatro rótulos centrais são produzidos em diferentes regiões da Espanha, com uvas autóctones (locais) dos melhores terroirs, frutos do projeto criado pela equipe da vinícola Casa Rojo, com o sugestivo nome “The Wine Gurus”. A Bodegas Habla é um produtor orgânico da região de Extremadura, que elabora seus vinhos com uvas locais e francesas, e suas garrafas seguem o estilo minimalista.

Quem está trazendo esses vinhos para o Brasil é a Mundovino Brasil, empresa de origem uruguaia que chegou ao país no ano passado e tem sede em Porto Alegre, RS. Segundo os sócios, Alejandro Rodriguez e Carlos Migues, a primeira seleção vem da Espanha, país onde ambos viveram, mas a ideia é ampliar para outros países, sempre com a proposta de encontrar vinhos jovens, com menos madeira, e mais acessíveis.

A degustação aconteceu no restaurante paulistano Clos, num delicioso almoço com diferentes tapas. A seguir, a lista dos vinhos que provamos:

Casa Rojo “The Wine Gurus”

MOLTONEGRE

  • Moltó Negre – cava produzido com a uva tinta Trepat. Fresco, com borbulhas delicadas e boa cremosidade. – R$ 169

LAMARIMORENA

  • La Marimorena 2015 – um branco delicioso, produzido com 100% Albariño, nas Rías Baixas. Um dos meus favoritos! – R$ 147
  • The Invisible Man 2014 – um tinto da Rioja, com 95% Tempranillo e 5% Mazuelo, com boa acidez, frutado e com taninos macios. – R$ 138
  • MMM Macho Man Monastrel 2014 – para quem gosta de vinhos mais frutados, além de garantir a diversão com os amigos. – R$ 138

THEHAMFACTORY

  • Alexander vs The Ham Factory 2013 – produzido com 100% Tinta Fina (Tempranillo), em Ribera del Duero. Além do rótulo ser uma graça (estou torcendo pelo Alexander…), o vinho é muito bom. – R$ 217
  • Maquinón 2015 – um Garnacha do Priorato de produtor biodinâmico, com pouca madeira, bastante interessante. – R$ 174

Bodega Habla

HABLADETI

  • Habla de Tí Sauvignon Blanc 2015 – mais contido do que os Sauvignons do Novo Mundo. – R$ 156
  • Habla del Silencio 2015 – um corte de Syrah, Cabernet Sauvignon e Tempranillo, é potente, com frutas mais maduras – R$ 165


0 Comentários

Deixe o seu comentário!