Mesa Completa - Por Solange Souza

Menu

NovidadesVinhos e etc • 3 de abril de 2017

Vinhos do Tejo

Dez produtores dessa região de Portugal apresentaram seus vinhos durante um evento que aconteceu em São Paulo

A região do Tejo se encontra no coração de Portugal, a uma curta distância da capital, Lisboa, e produz vinhos bem gostosos a preços mais acessíveis. As uvas mais plantadas são a branca Fernão Pires e a tinta Castelão (Piriquita), mas são produzidos vinhos com outras variedades típicas portuguesas e com uvas francesas, como Chardonnay, Cabernet Sauvignon e Syrah. Provei alguns deles durante o evento realizado pela Comissão Vitivinícola Regional do Tejo (CVRTEJO), no Clube Athletico Paulistano, e aqui estão os meus favoritos:

Brancos

  • Quinta da Alorna Marquesa de Alorna Grande Reserva Branco 2014 – este vinho é produzido com as melhores uvas de cada safra. Foi para mim o melhor branco, com um toque cítrico delicioso. (Adega Alentejana)
  • Casal do Conde Alvarinho 2016 – um vinho com fruta e frescor na medida certa, elaborado com esta uva que não é típica dessa região. (Sem importador no Brasil)
  • Casal da Coelheira Reserva 2015 – um corte de Chardonnay e Arinto, é saboroso, mais encorpado, com boa acidez. (Vinissimo)

Tintos

  • Vale de Lobos Grande Escolha José e Violante 2013 – um corte de Syrah, Touriga Nacional, Alicante Bouschet, produzido apenas em grandes safras em homenagem aos fundadores da vinícola. Muito fácil de gostar. Da Casa Agrícola Portugal, pode ser encontrado em alguns restaurantes portugueses no Brasil.
  • Quinta da Alorna Reserva 2012 – um corte de Touriga Nacional e Cabernet Sauvignon, é um vinho bastante elegante. (Adega Alentejana)
  • Vale D’Algares D Syrah 2009 – uma amostra que esta uva se dá muito bem na região. Essa vinícola foi adquirida pela Sociedade Agrícola Casal do Conde, a mesma que produz o Alvarinho que indiquei. (sem importador no Brasil)

Fotos: Jane Prado


0 Comentários

Deixe o seu comentário!