Mesa Completa - Por Solange Souza

Menu

ExperiênciasVinhos e etc • 24 de agosto de 2015

Vinho da casa

Provamos o La Tregua, da vinícola uruguaia Pisano, elaborado com exclusividade para um grupo de restaurantes no Brasil

DanielPisano

O produtor Daniel Pisano esteve no país especialmente para apresentar os vinhos La Tregua, criados para os restaurantes El Tranvía, com unidades em São Paulo, Campinas e Sorocaba, e El Uruguayo, em Alphaville (foto). O almoço foi neste último e o motivo era o lançamento de um corte no cardápio, o suculento Bife Montevideo (foto). Antes do almoço, tive a oportunidade de conversar com o simpático Daniel, um dos três irmãos que comandam a vinícola. “No Uruguai, as vinícolas são pequenas e artesanais, mais no estilo europeu. A sofisticação pode deixar os vinhos muito parecidos”, comentou. A Pisano começou a exportar um ano depois da primeira visita à Vinexpo, em Bordeaux, em 1997, e hoje está presente em 47 países, mas em pequena escala. No Brasil, os vinhos da Pisano são importados pela Mistral, mas o La Tregua tem uma história própria.

“Como se aprende a cozinhar com a mãe ou a avó, aprendi sobre vinhos com meu pai, dentro do vinhedo” – Daniel Pisano

Clientes dessa vinícola, os sócios do grupo La Tregua queriam um vinho da casa para seus restaurantes, mas que tivesse uma identidade. Há cerca de cinco anos, nascia o La Tregua, um corte de Tannat (60%) e Cabernet Sauvignon 40%), com 3-4 meses de barrica, frutado, para ser consumido jovem. Um ano depois, foi a vez do Reserva, com mais Tannat (80%) e mais tempo de madeira (6-8 meses). Por fim, o La Tregua Gran Reserva Particular de Juan Fontana (um dos sócios da casa), um Tannat 100% com 12 meses de barrica francesa. No fim do almoço, Daniel mostrou outra exclusividade interessante da vinícola, o Pisano Torrontés, vinho elaborado com essa uva aromática típica da Argentina. “Apesar de o Uruguai ter ótimas condições de produzir vinhos brancos, nosso país é um consumidor de tintos, porque comemos muita carne”, comentou.

carne1ElUruguayo


0 Comentários

Deixe o seu comentário!