Mesa Completa - Por Solange Souza

Menu

Colunistas • 14 de dezembro de 2017

Tender de Natal

O que fazer com o tender bolinha, que muitas vezes se ganha na firma? Tenho uma sugestão incrível! – Chef Carlos Ribeiro

TenderBolinha

Afinal o que é o tender? É uma variação de presunto, feito do pernil de porco, só que defumado e muito gostoso! Pode ser comido de diversas formas: cru em cubinhos, fatiado ou marinado e servido com frutas frescas e caldas de frutas cítricas. O tender marinado com cravo-da-índia já se tornou um clássico nas mesas natalinas. Mas o que o Natal nos traz? O momento de nos confraternizarmos com nossas famílias, independente do credo religioso de cada um. E por ser uma data de doces memórias, nos lembramos de natais que fortalecem cada vez mais o amor entre as pessoas. Claro que devemos viver esse amor sempre, e todos os dias, para sermos pessoas melhores em nossa trajetória. A cada Natal que passa, vamos somando pedaços de nossa história, que vão de nossa infância até onde estamos hoje. Desta forma, devemos cultivar em nossas vidas as boas memórias do Natal e festejar com as pessoas que amamos.

Minha história de Natal de hoje é com bebida, e claro que teria de ser com vinho o meu primeiro porre! Certa vez, conversando com uma amiga, a sommelière Eliana Araújo, sobre os festejos natalinos e os vinhos, me lembrei que meu primeiro porre foi num Natal em 1967. Eu tinha sete anos, era uma jarra de sangria maravilhosa no calor de quase 40 graus (Calma gente! Claro que meus pais não sabiam que eu havia tomado vários copos. O meu copo era colorido e de plástico e eles achavam que eu estava tomando algum suco, como os meus priminhos bem-comportados estavam). Depois de vários copos, me senti alegrinho e queria logo era dormir para receber o meu presente de Papai Noel. Sim, eu acreditei nele até os 9 anos.

Espero que você possa também se lembrar das suas histórias de Natal e cultivar esse amor e as boas memórias pelo encontro com as pessoas queridas, para que este possa ser mais um Natal especial em nossas vidas.

A receita de hoje é também de uma boa lembrança de Natal, que aprendi com a Chef Elsie Siciliano, minha madrinha de fogão que me introduziu na cozinha de fato e me disse o que nunca vou esquecer: “A comida tem seu tempo, o fogo é importante, mas mesmo assim, o fogo tem de esperar o tempo”. Ou seja, muita paciência, pois até o fogo tem de esperar! Belo ensinamento que recebi quando soltava o meu primeiro prato de forma profissional! Boas memórias de Natal e muito obrigado Chef Elsie pelos ensinamentos e por esta receita de vida e do tender, que trago comigo até hoje.

Feliz Natal!

Tender da Dona Elsie

Ingredientes

  • 1 tender bolinha fatiado (aquele que a gente ganha da firma no final de ano)
  • 4 colheres (sopa) de açúcar mascavo
  • fatias de pão de forma
  • 1 copo de vinho tinto
  • 2 copos de suco de laranja
  • 2 colheres (sopa) de mostarda
  • 4 cravos
  • 3 carambolas
  • pimenta-do-reino a gosto
  • manteiga
  • cerejas para decorar

Preparo
1. Unte uma assadeira com a manteiga e forre com o pão de forma. Passe manteiga também nas fatias de pão.
2. Distribua as fatias do tender sobre a camada de pão, cubra com as carambolas fatiadas, regue com o suco de laranja e o vinho e espalhe a mostarda, o açúcar e a pimenta. Asse em fogo médio de 30 a 40 minutos.
3. Retire o tender, arrume numa travessa e decore com as frutas. Os pães devem ser batidos no liquidificador junto com o caldo que se forma no fundo da assadeira, transformando-se num molho encorpado e delicioso para acompanhar o tender.

carlosribeiro
Na Cozinha Restaurante e Escola de Culinária
Rua Haddock Lobo, 955 – Jardins
Telefones: (11) 3063-5377 e 3063-5374


0 Comentários

Deixe o seu comentário!