Mesa Completa - Por Solange Souza

Menu

GastronomiaMinha Cozinha • 20 de junho de 2018

Tempo de camarão

Os camarões rosa e branco começam a ser encontrados nas feiras com mais facilidade e preços um pouco melhores. Aproveite!

camarao

Ainda é caro, mas se você pensar nos preços de restaurantes vale a pena preparar em casa um belo prato que leve camarões. Em massas e risotos, nas moquecas e peixadas, este crustáceo agrega beleza e sabor. Na minha feira da Vila Madalena, encontro com facilidade. Aliás, sou defensora das feiras livres – acho que as pessoas deviam ir mais – e de cozinhar em casa, que dá uma independência enorme, além de agregar as pessoas.

Os camarões mais saborosos são o rosa e o branco (mais raro), pescados quando é permitido, no período fora do defeso (época de reprodução). O camarão cinza, que é encontrado mais facilmente, é criado em cativeiro. Prefiro os médios para preparar pratos como o que abre este post, fácil de fazer e delicioso.

Arroz com Camarões à Provençal

Rende 2 a 3 porções

Ingredientes

  • 1/2 kg de camarões rosa limpos
  • 1 xícara (chá) de arroz branco
  • 1 cebola média picada
  • 3 a 4 dentes de alho picados
  • salsinha picada
  • azeite de oliva
  • manteiga
  • sal e pimenta-do-reino a gosto

1. Lave os camarões, escorra e tempere-os com sal e pimenta-do-reino.
2. Em uma panela, refogue metade da cebola em um pouco de azeite. Junte o arroz, mexa bem e adicione 2 xícaras (chá) de água fervente. Tempere com sal, misture e deixe cozinhar em fogo baixo. Se necessário, junte mais um fio de água quente.
3. Em uma frigideira antiaderente, coloque um pouco de azeite e de manteiga e deixe aquecer. Junte os camarões (se a quantidade for maior do que esta, refogue-os em etapas) e deixe dois minutos. Em seguida, adicione a cebola restante e o alho e vire os camarões. Deixe cozinhar por mais dois minutos, tomando cuidado para não ficar borrachudo.
4. Junte o arroz cozido na frigideira com os camarões, misture com delicadeza e polvilhe com a salsinha. Sirva em seguida.

Vinhos sugeridos: brancos portugueses, em especial do Dão, que têm estrutura e frescor; espumantes brasileiros


0 Comentários

Deixe o seu comentário!