Mesa Completa - Por Solange Souza

Menu

Colunistas • 12 de maio de 2016

Sopa para revigorar

Caldos como esse – conhecido popularmente como Cabeça de Galo – são ótimos revigorantes, além de gostosos – chef Carlos Ribeiro

sopacabecadegalo1

Em João Pessoa, na Paraíba, temos por hábito desde criança tomar sopas e caldos em geral: de peixe, de mocotó, de legumes, de camarão e de feijão, em especial nas barracas de praia. Existem também as soparias, algumas permanecem até hoje, em especial nas feiras livres e mercados ou mesmo nas ruas.
O meu avô paterno, Carlos Barromeu, tinha três estabelecimentos no ramo da alimentação: o pequeno hotel do Juiz, que ficava ao lado da faculdade de Direito, próxima à praça João Pessoa; do outro lado da praça, ficava a soparia Lavousier, um lugar popular onde tudo se transformava em sopa, feita com as sobras do hotel; e um pequeno bar e lanchonete dentro do Mercado Central. E muitas vezes, era feita a Sopa de Cabeça de Galo, nossa receita de hoje, nesses três lugares.

Cabeça de Galo e outros caldos são considerados revigorantes em casos de ressaca e convalescência, além de fazer parte de festas como Carnaval e São João 

Em casa de minha mãe, sempre tinha Cabeça de Galo, mas eu gostava também da sopa Mingau da Caridade, que era feita pela nossa vizinha dona Zuila Reis. Esse mingau (que era uma sopa) era para ser tomado logo cedo antes de ir para escola. A razão explicada era que as crianças que tomassem teriam  melhor rendimento escolar. Um banho bem cedo e, em seguida, Mingau da Caridade e depois escola. – Fotos: Tadeu Brunelli (sopa) e Luna Garcia (chef)

Sopa Cabeça de Galo
Serve 6 pessoas

Ingredientes

  • 2 litro(s) de água
  • 1 cebola picada
  • 2 tomates picados
  • 1/2 pimentão verde picado
  • 3 colheres (sopa) de coentro fresco picado
  • 3 dentes de alho picados
  • sal e pimenta-do-reino a gosto
  • 1 colher (chá) de colorau
  • 2 peitos de frango ou coxa e sobrecoxa
  • 4 ovos
  • 1 colher (sopa) de manteiga
  • 10  colheres (sopa) de azeite de oliva
  • 1 xícara (chá) de farinha de mandioca fina

 1. Em uma panela grande, coloque o azeite e a manteiga. Junte a carne de frango com os ossos e refogue por uns 10 minutos. Em seguida, coloque o sal e a pimenta-do-reino, a cebola, o alho, o tomate, o colorau e o pimentão e adicione a água fria. Tampe a panela, deixe ferver, abaixe o fogo e deixe cozinhar por uns 30 minutos. Em seguida, retire os ossos e descarte.
2. Retire umas duas conchas do caldo e quebre os ovos nesse caldo quente, mexendo com um garfo para que os ovos sejam diluídos (reserve).
3. Em outro recipiente, coloque a farinha de mandioca e, aos poucos, vá colocando água fria, misturando com um garfo para não empelotar.
4. Adicione a farinha, previamente misturada, ao caldo da panela e misture bem. Em seguida, junte os ovos, que também foram previamente misturados, e, por último, coloque o coentro. Deixe cozinhar por mais 10 minutos em fogo baixo. A consistência é de um caldo grosso.

carlosribeiro

Na Cozinha Restaurante e Escola de Culinária
Rua Haddock Lobo, 955 – Jardins
Telefones: (11) 3063-5377 e 3063-5374


0 Comentários

Deixe o seu comentário!