Mesa Completa - Por Solange Souza

Menu

GastronomiaMinha Cozinha • 6 de dezembro de 2016

Salada Niçoise

A inspiração para esta receita clássica de Nice veio do livro Paris-Brest, de Alexandre Staut. Recomendo o livro e o prato!

saladanocoise

Receitas com histórias é sempre uma combinação que eu adoro. Escrito pelo jornalista Alexandre Staut, Paris-Brest (Companhia Editora Nacional, R$ 29,90) é um livro super gostoso de ler, em que ele conta suas experiências na França, quando trabalhou como cozinheiro, e compartilha algumas receitas francesas que ele aprendeu e algumas brasileiras, que ele preparou por lá. Conheço o Ale há bastante tempo e achei gostoso demais ler suas aventuras, principalmente o período em que ele passa em L’Aber Wrach, vilarejo à beira-mar ao lado de Brest, na Bretanha, trabalhando no Le Patio Gourmand, com seu amigo Yann Danjou.

Em Paris-Brest, as receitas estão sempre ligadas a uma memória afetiva e remetem a pessoas que ele conheceu ou com quem conviveu na época. Fiquei com vontade de fazer várias delas, como o Ensopado de carne com cenoura e cogumelo, a Salada de queijo de cabra e o clássico doce francês que dá nome ao livro, Paris-Brest (são 58 receitas), mas escolhi a Salada Niçoise. Essa salada tem várias versões, fiz a dele, com pequenas modificações.

Salada Niçoise
Rende 4 porções

Ingredientes

  • um punhado de vagens
  • alface romana
  • 100 g de atum fresco
  • azeitonas pretas
  • 1 cebola pequena (usei a roxa, que gosto mais na salada) em rodelas
  • 2 tomates cortados em gomos
  • 2 ovos
  • sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto
  • azeite de oliva extravirgem

 1. Lave as vagens, corte as extremidades e cozinhe em água com sal até ficarem macias (não muito). Passe em água fria e deixe escorrer. Cozinhe os ovos, deixando as gemas mais para o mole. Espere esfriar, descasque e corte em 4 partes iguais.
2. Tempere o atum com sal e pimenta-do-reino e sele em uma frigideira antiaderente com azeite (deve ficar meio cru por dentro). Depois, corte em fatias de mesmo tamanho.
3. Monte a salada com todos os ingredientes. Tempere com flor de sal e pimenta-do-reino moída na hora. Regue com bastante azeite e sirva.

Minhas dicas: existem várias versões da Salada Niçoise e algumas são preparadas com atum em conserva e anchovas; não usei anchovas porque achei que poderiam “apagar” o sabor do atum fresco. Não inclui tirinhas de pimentão vermelho, como na receita do Ale, mas coloquei alface e temperei com Pistou, uma espécie de molho pesto francês: pegue algumas folhas de manjericão lavadas e enxugadas e amasse bem com 1/2 dente de alho e bastante azeite. Fica muito bom!

Alexandre Staut é jornalista, escritor e autor do blog de gastronomia Tudo al Dente.

 


0 Comentários

Deixe o seu comentário!