Mesa Completa - Por Solange Souza

Menu

NovidadesVinhos e etc • 27 de outubro de 2016

Rosés da Provence

Valérie Rousselle, do Château Roubine, esteve no Brasil para lançar o La Vie en Rose num jantar delicioso no restaurante Marcel

Não é a primeira vez que encontro esta simpática produtora, que adora o Brasil. Nascida em Saint-Tropez, Valérie Rousselle comprou o Château Roubine, na Provence, sul da França, em 1994, sem ter nenhuma tradição no ramo. “Fui um pouco irresponsável, mas meus vinhedos ficam no paraíso”, declarou ela no início do jantar de lançamento do La Vie en Rose 2015 (R$ 132), com cardápio preparado pelo chef Raphael Despirite, do restaurante paulistano Marcel, que fica anexo ao Quality Suites Oscar Freire. A bela garrafa foi desenhada por um dos filhos de Valérie, e o vinho é um corte de Tibouren, Cinsault e Grenache. Leve e saboroso, ficou muito bom com o Tartare de salmão, com emulsão de maçãs verdes e limão siciliano.

Os rosés da Provence são puro charme, além de serem ótimos para aperitivos, peixes e frutos do mar, queijos frescos e pratos com vegetais

Foram servidos ainda o Château Roubine Cru Classé Rosé 2014 (R$ 174), um corte de sete uvas, que acompanhou a delicada Sopa fria de abobrinha e alho-poró, com queijo de cabra fresco. Vinho e prato em perfeita sintonia! Com o Polvo ao forno com batatas tomamos o Château Roubine Inspire Rosé 2014 (R$ 253), produzido com a uva Tibouren, típica da Provence, que dá mais corpo e complexidade aos vinhos.

Os rosés do Château Roubine são importados pela World Wine. A vinícola produz ainda brancos e tintos, mas não chegam ao Brasil.


0 Comentários

Deixe o seu comentário!