Mesa Completa - Por Solange Souza

Menu

GastronomiaMinha Cozinha • 1 de março de 2017

Pescada Bicuda

Nesta época do ano, é comum aumentar o consumo de peixes. Aproveite para sair do lugar comum e provar espécies diferentes

pescadabicuda

A foto que abre este post é de pescada bicuda, que um dia chegou até mim por um amigo pescador das águas de Ilhabela, litoral norte de São Paulo. Mais fresca, impossível! Nunca tinha preparado e tal foi minha surpresa com o sabor e a textura da carne, branca e deliciosa.

Muitas vezes, a falta de conhecimento faz com que a gente tenha medo de arriscar. Mas, com um bom fornecedor, você pode começar a provar peixes diferentes, de época, que além de mais frescos, têm preço melhor. Tenho visto muita gente (e muitos restaurantes), que adoram comprar Saint-Peter (nome bacana para a tilápia). Nada contra, já que é um peixe versátil e de sabor suave. Mas há muita coisa boa para você explorar! E se quiser mais ideias de receitas, é só consultar outro post que fiz: 5 Receitas com Peixe.

Pescada Bicuda ao Forno

Ingredientes

  • 2 peixes inteiros e limpos (sem escamas e sem vísceras)
  • ervas frescas (salsinha, cebolinha, coentro)
  • azeite de oliva
  • 3 tomates italianos maduros e firmes
  • 2 cebolas pequenas
  • sal e pimenta-do-reino a gosto

1. Faça cortes longitudinais na pele do peixe, nos dois lados, e tempere com sal e pimenta-do-reino a gosto. Coloque no interior do peixe as ervas frescas.
2. Corte os tomates e as cebolas em gomos e tempere com sal e pimenta-do-reino. Regue tudo com azeite e leve ao forno médio preaquecido até assar.

Dicas:

  • a pescada bicuda é bastante delicada e não precisa de muito tempo de forno. Controle de perto o cozimento
  • na hora de servir, tome cuidado com as espinhas
  • acompanhe com arroz branco e uma boa farofa

 

 

 

 


0 Comentários

Deixe o seu comentário!