Mesa Completa - Por Solange Souza

Menu

NovidadesVinhos e etc • 23 de agosto de 2018

Miolo Single Vineyard

O enólogo Adriano Miolo apresenta a linha especial da marca, de vinhedos únicos, e fala sobre a excepcional safra 2018

O superintendente da Miolo, Alexandre Miolo,  na cave da Vinícola . A vinícola Miolo possui 450 hectares plantados no Vale dos Vinhedos, em Bento Gonçalves, RS. Além do belo projeto externo, a empresa montou sua unidade de processamento com o que há de melhor em termos de tecnologia. Foto: Jefferson Bernardes/ Agência Preview

Em um evento super concorrido, Adriano Miolo apresentou uma prévia da safra 2018, considerada por ele a melhor da última década, pelos fatores climáticos favoráveis. Segundo ele, foi uma safra com produção mais reduzida, comparada com a de 2017, mas a qualidade foi muito superior.

Provamos o Sauvignon Blanc, de colheita noturna, que achei bastante fresco e saboroso, com aquelas notas típicas herbáceas. Os tintos eram amostras de barricas, já que ainda vão passar por madeira. Difícil avaliar como ficarão depois, mas na minha opinião, o Miolo Lote 43, do Vale dos Vinhedos, foi o que apresentou mais frescor, uma qualidade importante nos vinhos para mim. Foram mostrados ainda o Miolo Single Vineyard Touriga Nacional, o Sesmarias, produzido somente em safras excelentes, e o Vinhas Velhas, da Campanha Gaúcha.

Em seguida, foram servidos os vinhos da linha Single Vineyard (vinhedos únicos). O Riesling Johannisberg (que indica que é a Riesling alemã) 2018 estava bem gostoso, com notas cítricas. Entre os tintos, o meu favorito foi o Touriga Nacional 2017 (Campanha Meridional), equilibrado, com boa fruta e frescor. Provei ainda o Pinot Noir 2017 (Campanha Meridional) e o Syrah 2017 (Vale do São Francisco), além do Miolo Late Harvest 2012.

O evento foi realizado no NB Steak, com organização impecável da equipe da casa.

 


0 Comentários

Deixe o seu comentário!