Mesa Completa - Por Solange Souza

Menu

GastronomiaMinha Cozinha • 28 de setembro de 2017

Mania de mostarda 

Este condimento não pode faltar na minha cozinha. Veja como usar nas versões em pó, cremosa e à l’ancienne, com as sementes

Antes de falar do uso, é legal conhecer um pouco mais sobre alguns tipos de mostarda. A francesa Dijon, minha favorita, é picante na medida certa. As mostardas inglesas são mais fortes, enquanto as alemãs e as americanas são mais suaves. Abaixo eu descrevo algumas delas e dou algumas dicas de uso. Às vezes, eu combino duas versões para fazer um prato, como o Frango com Mostarda e Alho-poró da receita abaixo.

  • Mostarda Dijon – recebe o nome da cidade de Dijon, que fica na Borgonha, produtora tradicional de mostarda. A original é feita com sementes de mostarda e vinagre, entre outros itens. Há variações que incluem mel (muito gostosa), estragão ou pimenta verde. Uso em carnes grelhadas, no hambúrguer, na linguiça do churrasco, em sanduíches com presunto cru, e no molho de salada, combinando com azeite de oliva e sal. Você pode acrescentar mel nesse molhinho, que fica uma delícia!
  • Mostarda à l’Ancienne – significa à moda antiga e inclui pequenas sementes claras e escuras. Gosto de usar para dar textura e porque o prato fica bonito. Fica legal em receitas com frango, peixes, como o salmão, com batata gratinada com creme de leite fresco e salada de batata com maionese.
  • Mustard powder – é a versão em pó, de origem inglesa, que pode ser usada para temperar filé de frango ou carne de porco.

mostarda

Frango com Mostarda e Alho-poró

Ingredientes

  • 2 peitos de frango
  • 1/2 cebola picada
  • creme de leite fresco
  • mostarda em grãos (à l’ancienne) e mostarda de Dijon
  • 2 talos de alho-poró
  • sal e pimenta-do-reino a gosto

1. Tempere o frango com sal e pimenta-do-reino e deixe tomar gosto por uns 15 minutos. Elimine as folhas verdes do alho-poró, lave, seque e corte a parte branca em rodelas finas.
2. Numa frigideira grande, grelhe o frango no azeite, deixando pegar uma cor dourada. Junte o alho-poró e deixe cozinhar. Acrescente o creme de leite fresco (coloco bem pouco, apenas para dar uma cremosidade) e as mostardas a gosto (pode ser uma colher de chá de cada, ou mais, se preferir). Acerte o sal e a pimenta e desligue o fogo. Sirva com arroz branco. (se a ocasião for mais especial, acrescente amêndoas em lascas ao arroz).

Dica: a mostarda em grãos (à l’ancienne) é mais suave, enquanto a de Dijon é mais potente. Se você quiser acentuar o sabor da mostarda, precisa acrescentar um pouco mais da segunda. Outra opção de acompanhamento é uma massa, como o fettuccine na manteiga.

Sugestão de vinho: um Chardonnay mais estruturado ou um tinto mais leve, como o Valpolicella ou um Pinot Noir

 


0 Comentários

Deixe o seu comentário!