Mesa Completa - Por Solange Souza

Menu

ExperiênciasGastronomia • 12 de julho de 2018

Gorgonzola Dolce

Quando o gorgonzola traz o complemento “dolce”, significa que é cremoso e de sabor suave. Ótimo como entrada ou em molhos

GorgonzolaDolce

O que inspirou este post foi a pergunta de uma cliente, que estava ao meu lado no balcão de queijos de um empório em São Paulo, com um pedaço de Gorgonzola Dolce na mão: “Moço, este queijo é doce?”.

Esse tradicional queijo italiano é produzido com leite de vaca na Lombardia e no Piemonte e faz parte do grupo de queijos de veios azuis (assim como o francês Roquefort), de sabor intenso e delicioso. Quando o Gorgonzola é descrito como “dolce” significa que seu sabor é mais suave e sua textura cremosa e macia.

Comprei um “tipo” Gongonzola Dolce da Serra das Antas e adorei (como esse queijo tem denominação de origem protegida, os que são feitos aqui trazem a palavra tipo). Delicioso para servir com torradinhas ou lascas de pão sueco, o Gorgonzola Dolce pode ser usado em molhos para massas e polentas.

É importante retirar o queijo da geladeira pelo menos meia hora antes de consumir para aproveitar todo o seu sabor e textura

Para preparar o molho, é muito simples: basta dissolver o queijo em um pouco de leite. Para facilitar, você pode aquecer levemente o leite e ir amassando e misturando tudo, até que fique um creme. Depois, é só misturar com a massa cozida e escorrida. Fica muito bom com nhoque ou com penne.

Sugestão de vinho: para os queijos azuis normalmente são indicados vinhos doces, com boa acidez. Mas um espumante, que não seja extremamente seco, vai muito bem.


0 Comentários

Deixe o seu comentário!