Mesa Completa - Por Solange Souza

Menu

ExperiênciasGastronomia • 29 de março de 2016

Feira livre da Vila

Frequento a feira da Vila Madalena há quase 15 anos, programa que eu adoro! Aqui, uma seleção das minhas bancas favoritas

Sábado de manhã é dia de feira na rua Mourato Coelho, na Vila Madalena, em São Paulo. Amo o astral, a muvuca, o falatório, acho uma alegria! Começo pela banca de peixes, onde escolho tudo e deixo para limpar, enquanto faço o restante da feira. Dá trabalho, mas vale cada minuto gasto nessas compras, sem contar que a gente sempre sai de lá com uma dica de receita nova. Em um desses sábados, resolvi ir bem cedinho e fotografar minhas bancas favoritas, onde costumo abastecer minha casa:

• Peixes e frutos do mar – Jaime Pescados – compro sempre com a Helena Ynonye, na foto com um de seus competentes funcionários, o Naldo. Ela e o marido, Jaime, oferecem uma bela seleção de peixes e frutos do mar, que são limpos e preparados de forma impecável. A banca é uma das primeiras da feira, se você entrar pela Mourato Coelho, esquina com Inácio Pereira da Rocha.

• Verduras e tomates – compro normalmente da banca do Paulinho, que tem ingredientes fresquíssimos. Fica ao lado da banca do Edson, de tomates (a única que só tem tomates), que têm ótima qualidade.

• Frutas – Barraca do Boy – esta é a parte mais difícil da feira. Não sei direito porque, mas em quase todas as bancas de frutas sempre tem vários funcionários querendo te convencer a levar alguma coisa. Se você não prestar atenção, vai gastar muito e levar mais do que precisa. A dica é perguntar sempre se a fruta é da época e tomar cuidado com as importadas, que podem dobrar a conta!

• Legumes – KM Edson – esta banca é o máximo! Tem sempre ingredientes diferentes, uma variedade excelente de cogumelos e muitos produtos orientais. O Edson sempre mostra alguma novidade e ainda ensina como preparar! Existe desde 1954 e está na terceira geração.

• Flores – Debora Flores – Fabio e a esposa Débora capricham na seleção de flores. O Fabio sempre dá boas dicas de flores que não precisam de água, ou que duram mais, enfim, uma tentação!

Tem ainda a parte da rua Aspicuelta, onde estão as bancas de bananas, lindas! Nessa mesma rua, pode-se encontrar bancas que vendem vários tipos de feijões, favas e outros grãos, além de farinhas. Sempre dou uma passada também na barraca de Bona, onde tem uma variedade de queijos, azeitonas e frutas secas, entre outros ingredientes.
E tem as barracas de ervas frescas, temperos e pimentas, com uma seleção incrível a preços muito melhores do que os do supermercado. A feira livre é um patrimônio cultural que a gente precisa preservar, e uma das formas é frequentá-las.

Se você acha bacana receber dicas assim, siga Mesa Completa no blog, no facebook e no instagram!

 

 


2 Comentários

  1. Smithe184 disse:

    Very good blog post.Really thank you! Fantastic. cafdeeceecfefbee

Deixe o seu comentário!