Mesa Completa - Por Solange Souza

Menu

Colunistas • 9 de maio de 2018

Doce Mãinha

Mãe faz lanchinho da escola, almoços de domingo e nos aniversários, os docinhos, o assunto de hoje! – Chef Carlos Ribeiro

docinhos

São tantos os momentos doces que as mães nos proporcionam nos primeiros anos de nossas vidas ou melhor por toda vida, não é mesmo? Os nossos laços alimentares começam pelo cordão umbilical, seguidos do leite materno no peito da mãe. Depois vem as papinhas, as sopas, o feijão com arroz, a comida de aviãozinho para aqueles de pouco apetite, que não foi o meu caso. Mãinha fazia pequenos bolinhos amassados na mão com arroz, feijão, farinha de mandioca e carne desfiada, que lá na Paraíba chamamos de Capitão. Mãe faz lanchinho da escola, almoços de domingo e chegamos nos aniversários onde entram esses docinhos que hoje vamos falar.

O mais popular de todos é o brigadeiro, o mais esperado! Existem até frases como: “Se não tiver brigadeiro, não tem festa”. Além de esperado, também é embrulhado no guardanapo e levamos para casa para alguém que amamos e lembramos ou para nós mesmos. A minha mãe, sempre muito atenta, me dizia: “Calos Manoel, mãos para trás e nada de pegar os brigadeiros da mesa do aniversário!” Mas era o mesmo que nada… Eu sempre fui guloso, gordinho e teimoso. Mesmo sabendo dos castigos, nem pensava duas vezes ou melhor, nenhuma, comia mesmo os brigadeiros. Não é assim que faz uma criança travessa?

O brigadeiro é um dos doces brasileiros mais famosos e recebeu seu nome do candidato à presidente da República em 1945, o Brigadeiro Eduardo Gomes, que tinha enorme sucesso entre as eleitoras. O doce foi criado para ajudar na campanha, o que resultou num sucesso até hoje.

Com o tempo outros docinhos foram também aparecendo nas festas infantis, como o beijinho de coco, que é de origem portuguesa. Criado nos conventos, chegou ao Brasil no século XIX onde recebeu as adaptações de ingredientes locais e faz parte de nossa história, vendidos em tabuleiros como um bom doce de rua.

O lindo bicho de pé ou brigadeiro rosa ganhou esse nome porque antes era feito com o morango in natura e por isso tinha pintinhas pretas. Por conta das sementes, ganhou o nome de bicho de pé, pela semelhança. Atualmente, é feito com gelatina de morango ou com bebida em pó sabor morango. Por ser uma marca registrada, passou a ser chamado em outras docerias de brigadeiro rosa, mas que na memória afetiva e popular chamamos carinhosamente de bicho de pé. E eu como sem parar.

A coluna de hoje dedico a todas as mães vivas e mães in memoriam, como a minha mãe Dona Walkyria, que estarão eternamente em nossos corações. Dedico ainda às mães mais velhas, como minha mãe de Santo Mãe Dete do Obá L’Okê, e às mais novas, como Fátima de Castro, do Tabuleiro do Acarajé, mãe de Maria Cecilia, e minhas amigas e alunas Liz Oliveira, mãe de Helena, e Juliana, mãe de João Felipe, que comemoram seu primeiro ano como mães. Parabéns! Feliz dia das mães!!!

Brigadeiro

Ingredientes

  • 1 lata ou caixinha de leite condensado
  • 3 colheres (sopa) de achocolatado em pó amargo
  • 1 colher (sopa) de manteiga
  • 1 xícara (chá) de chocolate granulado para decorar
  • forminha de papel para colocar os brigadeiros depois de prontos

1. Em uma panela, coloque o leite condensado com o achocolatado em pó e a manteiga. Misture bem e leve ao fogo baixo, mexendo sempre até desprender do fundo da panela (cerca de 10 minutos).
2. Retire do fogo, passe para um prato untado com manteiga e deixe esfriar. Com as mãos untadas, enrole em bolinhas e passe-as no granulado. Sirva em forminhas de papel.

Beijinho de Coco

Ingredientes

  • 1 lata ou caixinha de leite condensado
  • 1 colher (sopa) de manteiga
  • 4 colheres (sopa) de coco seco ralado
  • coco seco ralado para passar os docinhos
  • 40 cravos-da-índia para decorar
  • manteiga para untar
  • forminhas de papel

1. Em uma panela, coloque o leite condensado e a manteiga. Leve ao fogo baixo, mexendo sempre até desprender do fundo da panela.
2. Retire do fogo, misture o coco, coloque em um prato untado com manteiga e deixe esfriar. Enrole os docinhos, passe pelo coco ralado e decore-os com um cravo. Coloque em forminhas de papel.

Bicho de Pé ou Brigadeiro Rosa

Ingredientes

  • forminha de papel
  • açúcar granulado
  • manteiga para untar
  • 1 colher de sopa de manteiga
  • ½ pacote de gelatina sabor morango
  • 1 lata de leite condensado

1. Em uma panela, coloque o leite condensado e a manteiga. Leve ao fogo baixo, mexendo sempre até desprender do fundo da panela. Em seguida, misture com a gelatina mexendo até que chegue ao mesmo ponto do brigadeiro.
2. Coloque num recipiente para esfriar, faça bolinhas com as mãos untadas na manteiga, passe no açúcar granulado e coloque nas forminhas de papel.

carlosribeiro
Quem quiser fazer aulas comigo pode escrever para contato@nacozinharestaurante.com.br ou ligue (11) 3063-5374

Na Cozinha Restaurante e Escola de Culinária
Rua Haddock Lobo, 955 – Jardins
Telefones: (11) 3063-5377 e 3063-5374


0 Comentários

Deixe o seu comentário!