Mesa Completa - Por Solange Souza

Menu

Colunistas • 1 de junho de 2017

Comida de avó

Os sabores da casa dos avós sempre nos trazem boas lembranças, como esta receita da família Bublitz – chef Carlos Ribeiro

spatzle

A infância de muitos de nós sempre foi e sempre será marcada por aquilo que comemos nos primeiros anos de nossas vidas. Quando somos pequenos nos mimam naturalmente com comidas que ficam em nossa memória para sempre!

Hoje vamos viajar para o início do século passado, quando a família Bublitz se estabelece no Brasil, em especial em Joinville, oriundos da Alemanha. Muitas tradições foram trazidas no processo de imigração, em especial para o sul do Brasil. Minha coluna de hoje vai exatamente para essa cozinha, com o Spätzle, um prato que conheci por meio da história da chef de cozinha Elaine Bublitz , que nos deu esse prazer em uma aula que assisti de cozinha da vovó, na semana de gastronomia na UNIT, em Aracaju, em maio último. Que aula incrível e que comida de se comer sem parar! Eu me fiz de educadinho, comi pouco, mas como sobrou na panela, eu tive de continuar comendo essa maravilha para ter mais inspiração para quando fosse escrever a coluna de hoje, não é mesmo? Depois da aula terminada, Elaine me explicou que podemos fazer a mistura do que quiser com molho de tomates, com frango, mini-almôndegas e logo pensei em nosso picadinho do Na Cozinha. Não tenho dúvida de que ficará maravilhoso também.

ElaineeavoMais um pouco da história da família de Elaine: seu avô, Alex Bublitz, trabalhava com metais e fez uma panela com furinhos para sua esposa, Gertha Bublitz, onde ela começou a fazer os seus primeiros Spätzles. Em 1983, a nossa queridinha Elaine nasce e começa a provar os encantos da cozinha de sua amada Oma – Opa e Oma significam avô e avó em alemão.

ThiagoeElaine

Hoje, Elaine e seu sócio Thiago Bragança Braga fazem comidas deliciosas na cidade de Curitiba e abriram um espaço chamado Flammk, que é uma combinação de cantina, restaurante e lanchonete, que fica dentro do Celin –Centro de Línguas e Interculturalidade da UFPR. (foto dos chefs: Gazeta do Povo – Curitiba)

A coluna de hoje vai para os dois chefes, Elaine Bublitz e Thiago Bragança Braga, para Jumar Pedreira, do Cozinha Afetiva, e Luciano Moreira.

Spätzle com Camarão e Alho-poró

Ingredientes
Spätzle

  • 1 kg de farinha de trigo
  • 10 ovos
  • 500 ml de água

Camarões

  • 1 kg de camarões médios já limpos
  • 10 hastes de alho-poró finamente picados
  • 1 kg de tomate sem peles e sem sementes
  • 1 maço de cebolinha picada
  • raspas de limão a gosto
  • azeite a gosto
  • sal e pimenta caiena a gosto

Preparo
1. Misture os três ingredientes na batedeira por uns 5 minutos em velocidade mínima. Vai ficar uma massa bem cremosa, mas bem firme, para que quando passar pelo processo de cozimento ela fique parecida com uma gotinha ou com um vírgula (isso mesmo, o formato de uma vírgula). Reserve.
2. Em uma panela grande, coloque bastante água (3 litros mais ou menos), deixe ferver e coloque o sal depois. Nessa água é que você vai cozinhar a massa do Spätzle (o cozimento lembra muito o processo do nhoque, em que colocamos cru na água e quando ele sobe está cozido).
3. Coloque a massa na maquininha própria (caso não tenha, pode usar um escorredor de macarrão). Coloque um pouco da massa (cerca de ½ copo americano) e vá para a panela com a água fervente. Aos poucos, vá controlando com uma espátula os pingos da massa. À medida que ela vai caindo, vai subir; com ajuda de uma escumadeira você vai recolhendo essa massa em uma tigela grande com água fria e umas pedrinhas de gelo para interromper o cozimento e as vírgulas ou gotinhas ficarem firmes e bem bonitas.
4. Numa frigideira grande, coloque o azeite e deixe aquecer. Em seguida, coloque os camarões e refogue até que fiquem rosadinhos. Junte a pimenta caiena, um pouco de sal e finalize com um pouco de azeite. Reserve.
5. Em seguida, na mesma frigideira, coloque mais um pouco de azeite e refogue o alho-poró e deixe ficar um pouco queimadinho, mas não muito para não ficar amargo. Depois de pronto, volte os camarões para a frigideira e misture bem. Coloque os tomates picados e vá misturando para que pegue bem os temperos. Verifique o sal e a pimenta caiena; se precisar coloque mais um pouco. Por último, coloque o Spätzle, misture delicadamente e finalize com o restante da cebolinha picada e raspas de limão, que dá o toque final de frescor ao prato.

Flammk
Rua: XV de Novembro, 1441 – Curitiba
Fica dentro do Celin – (Centro de Línguas e Interculturalidade da UFPR)
instagram @flammkcwb

carlosribeiro
Na Cozinha Restaurante e Escola de Culinária
Rua Haddock Lobo, 955 – Jardins

Telefones: (11) 3063-5377 e 3063-5374


0 Comentários

Deixe o seu comentário!