Mesa Completa - Por Solange Souza

Menu

ExperiênciasVinhos e etc • 24 de maio de 2017

Catena Zapata

No jantar em homenagem ao produtor argentino Nicolás Catena, foram servidas safras antigas como esse surpreendente Malbec 1995

O empresário Ciro Lilla, da importadora Mistral, promoveu um jantar no Jockey Club de São Paulo em homenagem ao produtor argentino Nicolás Catena para celebrar os 25 anos de amizade entre as famílias.

Em clima de festa, Ciro Lilla se lembrou da primeira vez que se encantou com esses vinhos e falou sobre as novas gerações das duas famílias: seu filho, Otavio Lilla (foto), que dá sequência ao seu trabalho na Mistral; e Laura Zapata, filha de Nicolás, na vinícola da família.

Nicolás Catena é uma figura de prestígio no cenário vinícola mundial. Entre seus feitos estão o pioneirismo no cultivo de vinhas em grande altitude, a partir dos anos 1990, e a promoção da uva Malbec, que se tornou símbolo da Argentina. Seus Cabernets são famosos pela elegância, e ele foi o primeiro produtor da América do Sul a ser escolhido “Homem do Ano” pela revista inglesa Decanter, em 2009.

O jantar foi uma experiência única, pelo clima festivo e pela oportunidade de provar essas safras antigas:

  • Catena Alta Malbec 1995 (da adega da família) – para mostrar como um bom Malbec pode envelhecer com elegância.
  • Catena Alta Cabernet Sauvignon 2001 – um belíssimo Cabernet, que confirmou a fama desse produtor em elaborar vinhos excelentes com essa uva.
  • Nicolás Catena Zapata 2001 – outro grande vinho, um corte de Cabernet Sauvignon e Malbec, feito com uvas dos melhores vinhedos de altitude.

Fotos: Gladstone Campos (com exceção da foto da garrafa, que é de minha autoria)

 


0 Comentários

Deixe o seu comentário!