Mesa Completa - Por Solange Souza

Menu

Colunistas • 16 de fevereiro de 2017

Bolo de noiva

Este bolo tem diferentes receitas, como esta, que é típica de Pernambuco, preparada por Ana Paula Paiva – Chef Carlos Ribeiro

Quando se pensa em casar, muitas prioridades aparecem: a data do casamento, a igreja, os padrinhos, o vestido, o buquê e a festa, mas o grande movimento, depois da noiva, gira em torno do bolo! E vem logo em nossa cabeça muitos profissionais que fazem receitas especiais para essa ocasião.

Hoje vou falar de uma receita muito conhecida em Pernambuco, tanto que eles até chamam “bolo de noiva pernambucano”, por ser bastante valorizado nos casamentos que acontecem por lá. Minha avó, Dona Maria das Neves, mais conhecida como Dona Miquinha, era uma boleira e tanto! Com sua prima Creuza, ela tinha uma confeitaria, a Royal. Quando provei esse bolo pela primeira vez (eu devia ter uns 9 anos de idade) ficava pensando em comer sempre! Como era muito grande, sempre sobrava aparas e glacê e eu fazia a festa e rezava para meus primos não estarem por lá para eu devorar tudo sozinho. Nunca escondi que sou guloso… Essa receita é muito similar a outras feitas por boleiras das fronteiras dos estados da Paraíba, Pernambuco, Alagoas e Rio Grande do Norte (que são os que tenho em minha memória, mas acredito que em outras partes do país também se faça essa maravilha).

Muitos anos se passaram e nunca tive essa receita. Sempre quando viajava para o Nordeste e encontrava o bolo, trazia para mim. Em 2010, dando aula na pós-graduação de gastronomia no Senac de Recife, num intervalo de minha aula em que eu estava corrigindo alguns exercícios, um perfume de bolo me desconcentrou. Levantei a cabeça e procurei de onde vinha o cheiro de bolo da minha avó. Vi então uma aluna comendo com muito prazer um pedaço de bolo e perguntei: esse bolo é o de noiva? Ela respondeu que sim, que era. Nesse lindo encontro eu resgatei o sabor desse bolo, que é um sonho (pelo menos para mim…) e comecei minha amizade com Ana Paula Paiva, autora da receita que compartilho aqui.

Sempre gosto de encerrar minha coluna lembrando o quanto a cozinha está ligada às doces memórias, aos doces momentos, aos doces encantos da nossa vida, o que comemos e que bebemos e nos faz sempre feliz!

Dedico a coluna de hoje especialmente a Ana Paula Paiva, Claudia Matarazzo e Maria Helena Fittipaldi, mulheres com quem aprendi algumas referências sobre os eventos ligados ao casamento. Fiz bom uso do aprendizado com essas três mulheres, que muito sabem dessa festa tão especial.

Bolo de Noiva – Por Ana Paula Paiva

Ingredientes

  • 1 kg de açúcar refinado
  • 1 kg de manteiga com sal
  • 1 colher (sobremesa) de sal
  • 18 ovos
  • 1 kg de farinha de trigo
  • 3 colheres (sopa) de fermento em pó
  • 1 litro de leite
  • 800 g de Nescau (use esse achocolatado mesmo para a receita dar certo, porque é um bolo antigo)
  • 1 kg de ameixa sem caroço feito o doce (bata no liquidificador rapidamente as ameixas com um pouco de água e coloque 1 xícara de açúcar. Leve ao fogo para ferver bem. Deixe esfriar para empregar)
  • 1 kg de frutas cristalizadas
  • 1 kg de passas sem caroço masceradas no vinho Moscatel (para mascerar 1 kg de passas eu utilizo 1,5 litro de vinho Moscatel. Deixo de molho pelo menos 48 horas)
    Glacê
  • claras
  • açúcar confeiteiro
  • suco de um limão

Obs.: Todos os ingrediente secos devem ser peneirados

1. Bata a manteiga com o açúcar e o sal até ficar esbranquiçada. Adicione as gemas, uma a uma, e batendo. Acrescente a metade da farinha de trigo e a metade do leite e bata bem. Depois, bata a outra metade de ambos.
2. Adicione o Nescau e bata bem. Junte o doce da ameixa, as frutas cristalizadas, as passas e pelo menos uma xícara do vinho onde as passas foram masceradas. Bata tudo muito bem para ficar bem misturado. Adicione as claras em neve e mexa delicadamente.
3. Unte a forma desejada com margarina e polvilhar com farinha de trigo. Leve ao forno pré-aquecido a 180 °C e asse por cerca de 40 minutos ou até que enfiando um palito no bolo ele saia limpo.
4. Glacê: coloque na batedeira todos os ingredientes e bata bem. Veja o ponto desejado do açúcar até ficar bem firme.

carlosribeiroNa Cozinha Restaurante e Escola de Culinária
Chef Carlos Ribeiro

Rua Haddock Lobo, 955 – Jardins
Telefones: (11) 3063-5377 e 3063-5374

 


0 Comentários

Deixe o seu comentário!