Mesa Completa - Por Solange Souza

Menu

Colunistas • 10 de novembro de 2015

Beaujolais Nouveau

Produzido com a uva Gamay, é um vinho simples, frutado, leve e festivo, muito diferente dos Crus de Beaujolais – Gerson Lopes

Gerson

Beaujolais Nouveau est arrivé! Na próxima quinta-feira, dia 19, desembarca no Brasil – e em muitos outros países –, garrafas de Beaujolais Nouveau, como acontece todos os anos, sempre na terceira quinta-feira de novembro, numa jogada fenomenal de marketing que marca o lançamento anual desse vinho.
Como caracterizar o Beaujolais Nouveau? Um vinho simples, simpático e consistente, ou um vinho barato (exceto no Brasil), de consumo rápido, em temperatura mais fresca, mesmo sendo tinto? De maneira quase universal, os críticos sempre torcem o nariz para esse vinho, que sem dúvida, não é nada de outro mundo.
Trata-se de um vinho frutado em que os aromas de banana sobressaem, assim como o de outras frutas, como morango, com um corpo leve e suave no paladar. Um pouco mais de complexidade é esperado no Beaujolais Villages Nouveau.
Para quem deseja um Beaujolais de guarda, mais complexo, o caminho são os Crus – senhores de Beaujolais. Muitos enófilos ignoram os efeitos positivos que os Crus de Beaujolais mostram em suas grandes safras com o passar dos anos (dez ou mais) na garrafa.
Os vinhos de Beaujolais são produzidos com a uva Gamay, de pele fina e poucos taninos. Cerca de 60% da uva Gamay vem da região de Beaujolais. Parece que foram os comerciantes gregos, ou romanos, que teriam introduzido essa variedade na região Lyonnaise. Nos bons exemplares de Beaujolais Nouveau e no genérico Beaujolais, a Gamay produz vinhos adoráveis pelo seu frescor, ao passo que nos Beaujolais-Villages e Beaujolais Crus podemos observar uma interessante complexidade. A vinificação beaujolaise exalta a fruta da Gamay, produzindo vinhos ricos, frutados e florais.
Brouilly, Cotes de Brouilly, Chénas, Chiroubles, Fleurie, Julienas, Morgon, Moulin-à-Vent, Régnié e Saint-Amour são os dez Crus de Beaujolais. No próximo artigo, vamos conhecer as características dos vinhos produzidos em cada um deles.

Gerson Lopes é médico mineiro com atuação em sexologia e acredita que a vida é o melhor afrodisíaco. Criador do site Vinho e Sexualidade


0 Comentários

Deixe o seu comentário!