Mesa Completa - Por Solange Souza

Menu

ExperiênciasGastronomia • 13 de outubro de 2015

Azeite chileno

Participei de uma interessante degustação de azeites do Chile, que assim como os vinhos prometem fazer sucesso por aqui

Aceite novello (2) copy

Ainda um pouco tímidos nas gôndolas dos supermercados, os azeites chilenos começam a chegar ao Brasil, resultado do trabalho de divulgação da ChileOliva, associação que reúne 37 produtores. Essa indústria é relativamente nova no Chile, mas o progresso feito em pouco mais de 10 anos é surpreendente, com azeites de ótima qualidade. Já conhecia o DeLeyda (importado pela Casa Flora), que gosto bastante e costumo comprar. Durante a degustação, além dessa marca, provamos outros seis azeites extravirgens. Os meus favoritos foram o Monteolivo Premium Blend, do Vale do Maipo, amargo e picante (que são atributos positivos de um bom azeite), com aromas de ervas frescas e amêndoas; e o Alonso (Massimex Traiding, do Espírito Santo), produzido no Sul do Chile. Degustei o blend dessa marca, fresco e com bom equilíbrio entre o amargo e o picante; depois, na feirinha que se seguia, provei também os varietais e adorei especialmente o Coratina, produzido com essa variedade de origem italiana, e o Koroneiki, variedade grega. Para os que gostam de azeites mais suaves, minhas indicações são o Petralia, da Terramater (Ceratti Alimentos,São Paulo), e o Las Doscientas Arbequina (Makro, São Paulo, e Zaffari, Porto Alegre. Infelizmente, a distribuição de algumas dessas marcas ainda não é nacional.

azeiteschilenos


0 Comentários

Deixe o seu comentário!