Mesa Completa - Por Solange Souza

Menu

Viagens • 7 de agosto de 2015

Interior paulista

Em cidades vizinhas, três surpresas se juntam ao redor da mesma mesa: água Platina, vinhos Guaspari e o Leão Vermelho

02

Quando recebi o convite para visitar a Fonte Platina, em Águas da Prata, fiquei feliz, empolgada e orgulhosa, ao mesmo tempo. A programação incluía um jantar no restaurante Leão Vermelho, em São João da Boa Vista. Nasci e morei nessa região até os 18 anos, frequentei colégios nessas duas cidades, e minha família mora em Vargem Grande do Sul, que fica do lado, para onde viajo com frequência. Mas essa viagem “de trabalho” foi diferente.
Primeiro, o jantar. O chef e proprietário do Leão Vermelho, Gabriel Vidolin – que segue a antroposofia e cria seus cardápios de acordo com o que a natureza oferece – normalmente conduz a refeição sozinho, para apenas quatro comensais, preparando um menu degustação que pode incluir mais de 20 pratos. Na ocasião da nossa visita, ele dividia a tarefa com a chef Ângela Sicilia, de Belém do Pará, que levou algumas iguarias da terrinha, quebrando uma regra da casa, mas os dois trabalharam em perfeita sintonia.

“Todos os produtos usados por mim, com exceção das farinhas, do açúcar e dos condimentos, são locais ou de cidades muito próximas.”  – Gabriel Vidolin

Gabriel copy

No dia seguinte, fomos a Águas da Prata conhecer a Platina. A fonte já existia desde o início da década de 1930 e estava praticamente abandonada. Foram quatro anos e meio de estudos, reformas e novas construções, seguindo o estilo original da fonte, além de investimentos em tecnologia. Em meio à mata protegida, a água é captada a uma profundidade que faz com fique mais leve. Aproveitamos o passeio para comer bolo de milho verde em uma das barracas que ficam próximas ao bosque, revivendo um costume meu antigo, e para fazer compras no Laticínios Prata, dica de Gabriel, a poucos metros do bosque. Além de doces, queijos, mel e outras delícias, a manteiga de fabricação própria é maravilhosa. Lá é possível comprar a versão em barra (a com sal é divina!) ou em lata.

FontePlatina_MG_7497 copyO vinho foi uma descoberta mais antiga. No fim do ano passado, visitei a Vinícola Guaspari, em Espírito Santo do Pinhal, e fiquei encantada com o que se escondia por trás daqueles muros altos, quando chegamos à fazenda. Jardins bem cuidados, com ciprestes imponentes, campos de golfe, vinhedos e oliveiras. No momento, são comercializados um Sauvignon Blanc e um Syrah de dois vinhedos diferentes: Vista da Serra e Vista do Chá. Os vinhos são gostosos e muito elegantes, em especial o Syrah, meu preferido, e têm tido enorme aceitação. A distribuição é feita pela Rouge e os vinhos são encontrados também nas lojas do grupo St Marché (Empório Santa Maria, inclusive).

IMG_7374Gabriel Vidolin é o embaixador da água Platina e serve em seu restaurante, além da água, os vinhos da Guaspari. Um aproveitamento perfeito de todas as coisas boas que a região oferece. Reservas para Leão Vermelho pelo www.foodpass.com.br – Solange Souza


0 Comentários

Deixe o seu comentário!